Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja recebe mais de 5 mil inscritos

16/02/2017 10:39 Desafio da Soja

Organizado pelo CESB, o concurso desafia o produtor rural a superar sua produtividade e gera novas pesquisas e tecnologias para ampliar a produção nacional.

O Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja 2016/2017, organizado pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), recebeu mais de 5 mil inscrições de produtores rurais interessados em produzir mais soja, na mesma área de plantio. O número é 12% maior do que o registrado no ano passado, quando o Desafio teve 4400 inscrições em todo o país.

O recorde de adesões representa a importância que as pesquisas, novas tecnologias e o uso da sustentabilidade no campo adquirem no dia a dia do produtor de soja. “Ao longo dos anos o CESB compartilha histórias de sucesso com todos os produtores, buscando alavancar a média da produção nacional que hoje é de 50 sacas por hectare. O número crescente de agricultores interessados nesses dados explica o sucesso do Desafio, e a crescente demanda por compartilhar informações na lavoura”, explica Nery Ribas, presidente do CESB.

A premiação teve início na safra 2008/2009 e, desde então, a produtividade saltou de 82,8 sacas por hectare para 142 sacas/ha em 2014/2015. A expectativa neste ano é de que a média de produtividade alcance mais de 143 sacas por hectare, diante das condições climáticas adversas.

Mais que elevar a produção o CESB pretende mostrar ao produtor que é possí­vel superar-se a cada dia. ” O Desafio nasceu como uma fonte de inspiração para todos os sojicultores do Brasil e tem como propulsor a demanda crescente por alimentos no planeta. Ano a ano, os produtores rompem patamares de produtividade, o que demonstra que a rede de conhecimento estabelecida no prêmio é a nossa maior conquista”, comenta Ribas.

Os produtores que se inscreveram no prêmio estão divididos em duas categorias: áreas irrigadas e não irrigadas. E a revelação dos vencedores acontecerá no mês de junho.

 

ext